Playlist

Olá!! Nossa quanto tempo que não posto uma playlist né?

Bom, nesta eu adicionei todos aqueles sons que me fazem viajar e relaxar. Tem algumas que ficaram de fora, porque se não o post seria imenso, mas postarei todas as músicas que curto aos poucos, fiquem ligados!

Charli XCX e Brooke Candy – Cloud: Amo muito essa música! Estou muito apaixonado pela Brooke Candy, que com certeza já passou a ser uma das minhas rappers favoritas! E a junção de Charli com Brooke só resultou o arraso né?❤

Charli XCX – What I Like: por favor uma playlist só da Charli por favor! Desde que baixei o CD dela, True Love, me apaixonei por esse sotaque! Indico muuuito!

Lorde – Team: quem não conhece o som da Lorde pode abrindo o you tube agora para pesquisar! Essa mulher tem uma voz maravilhosa, que combina muito com o tipo de música que ela produz. Indico o album Pure Heroine.

Brooke Candy – Freaky Prince$$: essa foi a primeira música que eu ouvi da Brooke, o que já me fez a intitular como magnífica rapper.

The Drums – Money: pronto, agora vocês já conhecem a minha banda favorita! Tenho que estar ouvindo The Drums sempre porque sim. Money é uma das músicas deles mais conhecidas, uma das melhores não é porque todas são ótimas, então nem dá para escolher hahaha. Indico muito os álbuns Portamento e The Drums.

Solange – Lovers In The Parking Lot: e para finalizar, nada melhor que Solange, com essa voz e essas batidas sensacionais que me deixam realmente bem. Para quem não sabe ela é irmã da querida Beyoncé. O que não muda nada para mim, já que acho o som da Sol bem melhor❤.

Espero que curtam meu gosto musical, e aguardem porque outra playlist vem por ai, na qual vou tentar me controlar para não colocar mais de 10 músicas HAHAHA.

Abraços e bom final de semana!

Luis Santos

“Suas roupas dizem muito sobre você e sobre sua visão”

Gente, quanto tempo que eu não escrevo aqui! Peço desculpas aos leitores fieis do blog que vieram atrás de novidades e não encontraram nada por um bom tempo… E a desculpa dessa vez é que a minha vida pessoal estava uma bagunça, e como eu havia mudado de casa, ainda estava sem internet. E aproveitei esta situação para tirar um tempo livre do blog, o que me ajudou muito. Mas hoje estou voltando de verdade com o blog e espero não ter mais problemas com tempo ou internet.

Bom, para esse recomeço eu trouxe mais uma entrevista, e desta vez é com uma brasileira! Sim, Fazia um bom tempo que eu não fazia uma entrevista com uma brasileira né? Mas acredito que nessa nova temporada do blog eu vou buscar por mais inspirações do nosso país.

E o bate-papo de hoje é com a Cecília Gromann! Ela que tem apenas 15 anos, é apaixonada por moda e arte, e esta paixão só poderia resultar no blog Bluer Than Velvet, que é um dos meus preferidos em matéria de blogs brasileiros.

btv-034

Quem é Cecília?

Uau, que pergunta complicada! Blogueira de Embu Guaçu – SP, apaixonada por moda e tudo que envolva arte de alguma forma. Sonha em ser design e viajar o mundo. Louca por fotografia, literatura e por mais uma porção de coisas haha.

O que é a moda para você?

Moda pra mim é a melhor forma de auto expressão que uma pessoa pode encontrar, suas roupas dizem muito sobre você e sobre sua visão.

Qual o processo para você criar um look? Você tira inspiração de algum lugar?

Na verdade eu não tenho essa de passar por determinado processo até chegar no look ideal. Vez ou outra acabo me inspirando em algum look que vi pelas ruas ou pela internet, mas no geral é sempre algo que vem no momento, não costumo planejar meus looks.

Quais as suas lojas e marcas preferidas?

Não tenho preferência com marcas, sou do tipo que adora lojas de departamento e comprar online. Gosto muito de comprar na Topshop e na Zara, sempre tem peças lindas. Na internet, procuro sempre dar uma olhada na Pink VanillaNasty Gal e Gypsy Warrior.

Como você vê a moda no Brasil? Tem que melhorar ou não?

 Acredito que de uns anos pra cá, a ”moda” no país tem melhorado bastante, o público se tornou mais aberto ao assunto e muita coisa se tornou mais acessível. Claro, ainda é triste ver como muita gente trata a moda como futilidade e desvaloriza a profissão. Outro ponto negativo está na dificuldade que alguns brasileiros ainda encontram em aceitar as diferenças, sabe? Olhar torto para o próximo por ele ter, sei lá, cabelo verde e usar calça quadriculada haha.

Quais os seus blogs favoritos de moda e estilo?

Le Blog de Betty e o The Blonde Salad são os meus favoritos.

Quais suas tendências preferidas? E quais você jamais usaria?

Não sei se tem uma que eu ”jamais usaria”, gosto bastante das tendências atuais! No momento eu estou adorando essa onda dos macacões e do comprimento midi.

Mas você usa tendências no dia-a-dia?

Depende. Costumo usar sim, mas não apenas por serem tendências. Se for tendência mas eu não gostar, não funciona! Devemos usar a moda e não o contrário.

E falando de música, você curte o que?

Ahh eu curto muita coisa!! Eu sou fã da banda Paramore, e na minha lista vem junto The Cure, The Smiths, The Kooks, Franz Ferdinand, The Killers, Arctic Monkeys, David Bowie, Mumford & Sons entre várias outras. Ultimamente também tenho escutado muito The Velvet Underground.

Quais peças de roupas não podem faltar no seu guarda-roupa?

Como eu sempre digo: um bom par de skinny jeans preta é indispensável em qualquer guarda-roupa. Jaqueta de couro (sintético, por favor) tem que ter, regatas básicas e shorts detonados.

E como você mantem esse cabelo tão lindo?

O meu cabelo gosta muito de mim pra não ter caído até agora haha eu não costumava ter muitos cuidados com ele não, mas agora eu resolvi cuidar direitinho. Hidrato semanalmente em casa mesmo, uso ampolas para reconstrução capilar e passo um leave in que ajuda a manter a cor dos fios por mais tempo (é necessário já que não uso tinta, apenas tonalizante para não agredir os fios).

07-look

ble

btv-021

nova

E aí? Curtiu a Cecília? Ela é maravilhosa! E é isto pessoal! Espero que tenham curtido e em breve estarei postando novamente. E como de costume os links da Cecília estarão aqui em baixo. Bisous!

Bluer Than Velvet InstagramPage no FacebookTwitter

Beleza por Luis Santos

Vou iniciar agora uma categoria no blog na qual eu sempre me interessei, mas nunca me comprometi a falar: beleza.

Nunca me comprometi a falar porque eu não sei se vou estar indicando as coisas certas, mas resolvi me arriscar. Bom, neste post vou falar sobre produtos que eu uso, ou já usei recentemente.

post5

Leite de limpeza hidratante – Nívea: Eu adoro os produtos da Nívea, já usei vários e não me arrependo de compra-los. Este leite de limpeza é muito bom, deixa a pele super macia e hidratada, mas o único problema é que essa sensação de hidratação dura pouco. Mas isso deve acontecer pois o produto é para pele seca, e a minha pele é tudo menos seca! Mas indico muito este leite para quem tem a pele seca. Lembrando que esse produto é de corpo e não facial.

post4

Sabonete gel esfoliante – Hidraderm: Outro produto que deixou a desejar na area de duração. Eu também gosto muito dos produtos da Hidraderm, já usei vários. E esse esfoliante ele é bem grosso, o que eu gostei muito porque na maioria das vezes esfoliantes não resolvem nada em mim porque as microesferas são muuuito pequenas, e deste não, parece que pegaram o maracujá, bateram no liquidificador e colocaram na embalagem. Lembrando que esse produto também é de corpo e não facial. Até já usei ele no rosto e ficou super seco.

post3

Sabonete líquido facial – Soft Face Capricho (o Boticário): nem preciso falar que o Boticário arrasa né? Eu já usei, e uso, vários produtos da marca e só tenho criticas boas a serem feitas. Este sabonete da Capricho por exemplo, é maravilhoso!! Desde que usei ele me apaixonei porque resolveu todos os meus problemas. Minha pele é oleosa, e quando está calor ela piora em 100%! Por isso amo tanto o frio, mas voltando a falar do produto, eu amo ele porque deixa minha pele no estado em que ela deveria permanecer de nascencia, nem seca, nem oleosa. Mas para ter o melhor resultado desse sabonete líquido é necessário utilizar de maneira correta. Eu uso ele 3 vezes por semana, e sempre que eu achar necessário, porque tem dias que a pele já acorda no Bad Day né? Mas eu indico muito, muito mesmo!

post2

Sabonete esfoliante anticravos – Clean & Clear: para falar a verdade eu nunca tive problemas com cravos, mas esse sabonete foi minha mãe que comprou, e eu tive que usar, mas não me arrependi, pois assim como o sabonete líquido da Capricho, ele deixou a minha pele do jeito que eu queria. O único problema é que é sabonete em barra né, e eu não gosto tanto quanto o líquido, mas não deixou a desejar. Indico!

post1

Hidratante facial – Neutrogena: eu estava procurando faz tempo um hidratante facial que também fosse protetor solar, e eu já tinha visto algumas resenhas da marca Neutrogena, e ela recebeu várias criticas boas, emtão resolvi testar. Nem preciso falar que não me arrependi né? O hidratante tem oil-free, o que é ótimo e faz com que o produto fique o dia inteiro no rosto. Ele também tem FPS 15. E o que eu mais gostei é que o hidratante não fica grudento como vários outros cremes que também são protetores solar.Foram $ 20,00 reais bem gastos.

Eu adoro demais cosméticos. Para mim, quanto mais, melhor! Gosto de testar produtos novos, e prometo que os próximos produtos que eu usar vou falar deles aqui no blog. Ah! E se alguém souber onde vende produtos Cliniqué, me avisem! Estou louco para usar eles.

É isso, espero que tenham gostado deste tipo de post. Beijão e ótima semana!!

Editor de moda e o curso de jornalismo

cats

Gente! Como meu blog esta abandonado!! Confesso que não foi somente por falta de tempo, até porque estou de férias da faculdade. Um tempo para descansar sempre é bom né? Mas fora isso, a falta de posts também é por culpa de estar desanimado do blog, tem momentos da minha vida que eu estou tão motivado em ser um blogueiro profissional e tem outros momentos que eu já fico pensando: isso tudo não passa de uma grande besteira. Mas tomara que eu não tenha mais tantos momentos como este, porque eles podem acabar com sonhos.

Certo, chega de explicações. Hoje eu vou ter um papo com você super diferente do que eu estou acostumado a falar: vamos falar sobre a escolha da profissão dos sonhos.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a profissão que querem seguir na vida, e essa escolha é muito difícil mesmo. Se você ainda não se decidiu, tome cuidado para não tomar decisões precipitadas e acabar perdendo tempo com um curso cujo diploma nem vai sair da gaveta.

Já falei uma vez aqui no blog que para escolher a profissão que eu quero seguir precisei ir a um psicólogo, o que muita gente acha que é besteira, mas eu não posso concordar e indico muito que você faça o que eu fiz porque vai te ajudar e muito.

Antes de querer trabalhar em uma revista de moda, eu já quis ser estilista, mas percebi que tinha feito a escolha errada quando entrei em um curso de corte e costura. Costurar é para corajosos! Mas não me arrependo de ter entrado no curso e fui até o final. Já na parte de criação do estilismo, me dei bem, mas mesmo assim nunca tinha tanta criatividade, imagina quando eu tivesse que criar uma coleção com muitas peças? Só iria dar “Ctrl+c e Ctrl+v” nas criações dos outros, então desisti.

Depois que desisti de estilismo, eu não tinha a mínima ideia de qual curso fazer, mas sabia que tinha que ser ligado a moda, já que esta é a minha eterna paixão. Foi ai que a psicóloga me ajudou: eu amo revistas e mais ainda moda = Luis Santos editor de moda. Mas não acabou por ai, comecei a busca de qual curso deveria realmente fazer, já que não existe um curso para ser editor. Nisto posso dizer que a Giovanna Ferrarezi foi a minha fada madrinha, porque ela quer ser editora de moda também, e sempre postava no Twitter algo ligado ao assunto. E nunca me esqueci do dia em que eu estava procurando matérias do assunto e só achava porcaria, e a diva “Xovanni” postou no Twitter um link, logo cliquei e esse “post abriu”, nem vou dizer que cheguei ao final das minhas pesquisas né?

Descobri que para se trabalhar em uma revista é necessário ser um jornalista, ou não, já que vários editores de hoje não tem se quer um diploma e arrasam na profissão. Mas para não precisar de diploma precisa ser muito bom no que faz. Por isso escolhi fazer o curso de jornalismo, e depois deste irei cursar moda, mas na parte de editoriais (ainda não sei qual o nome exato para essa parte da moda). Quero mais de uma profissão no meu currículo: editor de moda é mais que certo, mas também quero entrar no mundo dos editoriais de moda, porque desde que passei a ser leitor da ELLE passei a amar essa parte da revista. São duas aeras bem complexas né? Mas nada é impossível!

Estou no segundo semestre do curso de jornalismo. No primeiro semestre fiquei meio perdido, mesmo no final dele, para se habituar na faculdade é bem mais difícil que na escola, vai se preparando ein!

Falaram para mim que eu ia ter que fazer trabalhos toda semana, o que é um exagero e depende muita da instituição que você escolher. Se você entrar em uma PUC da vida, pode ser  assim, mas já a faculdade que eu escolhi, não é. A mesma se chama FACCAMP, é no interior de São Paulo, na cidade de Campo Limpo Paulista. Nem preciso dizer que eu estou amando estudar lá né? Os professores são ótimos e os colegas de sala são, na maioria das vezes, bem unidos.

Eu tenho aula de Filosofia, Teorias da comunicação, Técnicas de Rádio e TV, Língua Portuguesa, Estética e História da Arte (<3), Teoria e métodos de pesquisa e Técnicas e gêneros jornalísticos.

Todas são aulas ótimas e muito precisas para a profissão de jornalista. Nem preciso falar que não é nada fácil seguir na profissão né? É preciso gostar do que faz, e se você realmente gosta, tudo fica mais fácil. A mesma coisa com as aulas, por exemplo, a aula de Estética e Historia da Arte é super fácil para mim, porque eu adoro demais arte, mas já para outras pessoas pode ser pior que matemática. Tudo fica mais fácil se você gostar, essa é a dica para ver se realmente você escolheu o curso certo na faculdade. Agora se você não gosta dos professores e nem das matérias, tem algo errado ai. Mas também entenda que a faculdade não é igual escola, se você não se empenhar em estudar isso pode te render prejuízos ($).

Para cursar jornalismo é necessário gostar de verdade da profissão e do que faz, porque se não irá trancar o curso com certeza! A principal dica que eu deixo para você que esta com um milhão de dúvidas e quer cursar jornalismo, ou vai ingressar na faculdade é se interessar pelas matérias e se desligar um pouco das notas, é claro que é preciso se preocupar com elas, mas se você estudar e ler muito com certeza sua nota não vai ser ruim.

Bom, não tenho muito que falar na verdade sobre a profissão jornalismo em si, pois acabei de começar e ainda estou no segundo semestre. Muitas coisas ainda irão mudar na minha vida por culpa do jornalismo, e eu estou ansioso para isso tudo.

Espero que tenham gostado, e não me deixem sozinho! Comentem suas opiniões, e dúvidas também, sobre o curso de jornalismo, sobre a profissão editor de moda e também sobre a vida de universitário. Beijos e até a próxima!

Estilo Boho Chic

Como prometido vou falar um pouco sobre o estilo Boho Chic, que nada mais é que um resultado de uma mistura super linda. A mistura do hippie, folk, étnico, boêmio e vintage. Mas como o próprio nome já diz, tem um toque chic, que eu adoro.

alana

Foto: Alana Ruas Blog Reprodução (Todos os direitos reservados)

É nos detalhes que o Boho Chic predomina, como no look acima: a bota cowboy fez toda a diferença, mas não é somente ela que fez o look ser boho chic, a paleta de cores dele ajudou muito, a bolsa de franjas e a leveza do vestido também. Mas sem deixar a modernidade de lado, que ficou por conta do óculos de sol espelhado, que eu amo!

floppyalana

Foto: Alana Ruas Blog Reprodução (Todos os direitos reservados)

Se você não curte montar um look Boho Chic por completo, adicione somente aquele toque. No look de cima, por exemplo, esse toque fica por conta do chapéu floppy, que é um acessório registrado do estilo Boho.

Boho Chic em:

Roupas: calça flare, blusas e vestidos bem folgadinhos e leves. O estilo Boho Chic também trabalha muito com o tricot, e com estampas liberty. Saia longas e tudo o que tiver um ar meio cigano. E abuse das cores terrosas!

Sapatos: se você já esta com um look total Boho Chic, invista em saltos altos. Mas se não, invista em botas cowboy. As rasteirinhas gladiadoras são uma boa, mas cuidado porque podem tirar o chic do look, por ser uma peça que esta ligada ao simples e confortável.

Acessórios: nem é preciso falar que hippies, ciganos, boêmios e até folks adoram acessórios, e o lema é “quanto mais, melhor!”. Acessórios daquelas barracas hippies são o máximo, mas você também pode optar por aquelas peças com franjas, com couro e também as com pedras coloridas. Não esqueça do chapéu floppy.

DSC00756

Foto: Oficina Chic Reprodução (Todos os direitos reservados)

red3

Foto: Alana Ruas Blog Reprodução (Todos os direitos reservados)

1514100_IMG_0915

Foto: Savannah Marie Reprodução (Todos os direitos reservados)

1400049_1

Foto: Haute Rebellious Reprodução (Todos os direitos reservados)

 

Mas falando de hippie, quem é que vem a cabeça? CLARO!! Vanessa Hudgens! A nossa Baby V tem mihares de looks Boho Chic:

cos-05-vanessa-hudgens-braids-de

BEOkPryCMAEFHRC

cos-02-vanessa-hudgens-headband-de

cos-03-vanessa-hudgens-arm-de

cos-04-vanessa-hudgens-tambourine-de

desktop-003

Foto: Hudgens Brasil Reprodução (Todos os direitos reservados)

cos-07-vanessa-hudgens-sunglasses-de-682x1024

Foto: Hudgens Brasil Reprodução (Todos os direitos reservados)

É, Vanessa sabe das coisas!! Eu adoro demais esse estilo, realmente é um dos meus preferidos! Vou trazer mais posts como este, explicando estilos que eu curto. Me diga se você gosta de posts assim, comente!!

Beijos e até a próxima!